segunda-feira, 22 de outubro de 2007

Cerveja Schneider Fuerte

A Cerveja Schneider pertence ao Grupo CCU Argentina, fabricante das cervejas Budweiser, Heineken e Schneider, a CCU ou Companhia Cervejeira Unidas é um grande grupo chileno do setor de bebidas na América do Sul, a empresa é controlada pelos grupos Luksic (Quiñenco) e Heineken.

Relançada em 2001, a Cerveja Schneider trouxe uma nova comunicação, contrariando a comunicação estereotipada sobre cerveja na Argentina, dando foco a essência da marca, do produto, e de sua receita diferenciada das outras. Com isto conseguiu se posicionar no mercado fortemente, a marca foi a que mais cresceu nos últimos anos. Atualmente é produzida em uma planta cervejeira em Santa fé aonde é elaborada segundo normas de qualidade certificadas segundo o HACCP, sistema que assegura o controle de qualidade em cada uma das etapas de seu processo de produção. Além da "Fuerte", integram a família, Schneider Rubia e Schneider Negra.

A Schneider Fuerte foi lançada este ano, com a proposta de ser uma das cervejas mais fortes do mercado. De sabor mais intenso e mais corpo que as tradicionais, Schneider Fuerte é uma cerveja estilo lager, tipo oktoberfest, que tivemos a oportunidade de tomar, neste tempo de Oktoberfest, segue impressões.

Cerveja: Schneider
Tipo: Oktoberfestbier
Apresentação: Garrafa de 1 litro.
Álcool: 6%
Cor: Cobre, brilhante.
Espuma: Boa formação, e boa duração, fixando no copo.
Aroma: Malte, lúpulo, notas doces, pão.
Paladar: Médio corpo, malte, bom amargor, sensação residual com leve adstringência.
Comentário: Uma Argentina “comercial” interessante, pois apresenta bela cor, bom aroma, entretanto para o estilo o amargor se destacou mais que os outros ingredientes.

6 comentários:

Botto disse...

Mesmo sem conhecer esta cerveja, e como a primeira impressão é a que fica, gostei muito. De cara pensei ter visto o escudo do Fluzão. As cores do rótulo tb são muito bem escolhidas.
abração

VdeAlmeida disse...

Bem, 6º não se pode considerar forte, não é mesmo, amigo Feijão?
Abraço

feijão disse...

Caro Botto

Realmente é um rótulo muito bonito, gostei das cores, mas escudo de Fluzão..... rsrsrs

Caro Almeida

Também acho que 6% não é forte, mas para as pessoas que não estão acostumdas, é forte.

thiagovalenti disse...

Puta, eu ia falar exatamente que parece o escudo do Fluminense. Mas se não é, que escudo será? Cabe uma análise semiótica..

Impressionante como os argentinos (e uruguaios) gostam de distribuir as cervejas em garrafas grande (mais do que 600ml). Aqui no Brasil não sei porque a long neck pegou tanto.

Só se for pelo calor, que esquenta a cerveja, que começa a ficar ruim, que começa a ressaltar os aromas de milho e arroz..

feijão disse...

Olha Thiago

Acho que não pegou aqui, garrafas de 1 litro, por que não tem nenhuma nacional no mercado oferecendo esta embalagem.
Pois é só reparar como as uruguaias Nortena, Pilsen, Patricia tem vendido no mercado brasileiro, com o sucesso a Ambev agora é quem faz a importação destas cervejas, pois a Ambev e proprietária das marcas, antes era importada por uma empresa do RS.

Rodrigo Bueno disse...

http://thiagomiranda.wordpress.com/2008/04/15/esplendido-esplendido/

O comercial tambem é muito bom!! : )